Other Manual Translations: English español

Como a fé afeta seu bem-estar

O descanso é uma prática espiritual que incentiva a boa saúde
O descanso é uma prática espiritual que incentiva a boa saúde

A fé deve impactar todos os aspectos de nossas vidas, certo?

Eu costumo acreditar que tudo está integrado, conectado. A saúde de nossa alma afeta nossa saúde mental que afeta a nossa saúde física. Um não pode ficar isolado do outro... como uma trindade.

É que muitas vezes escolhemos viver vidas desintegradas e desconectadas.

Temos nossas vidas espirituais e depois nossas vidas cotidianas. Temos o secular e o espiritual. Temos o que acreditamos e como vivemos.

Talvez seja um exagero: mas talvez seja por isso que ainda existe um estigma quando se trata de saúde mental entre certos círculos cristãos. Tipo, limitamos a ajuda que se pode obter porque a única ajuda que conta vem dos círculos cristãos.

Depressão? Ore para que isso passe.

Ainda está deprimido? Ore mais.

Ainda está  deprimido? Talvez haja algum pecado não resolvido. Ore por perdão e seja feliz.

E porque Jesus cura tudo,  no final, tudo o que você precisa é de Jesus.

(Há alguma verdade nisso, mas é por isso que Deus chamou algumas pessoas para serem médicos, outros para serem conselheiros, outros para serem terapeutas, outros para serem ministros, etc.)

Não tem problema em acreditar em Jesus e  ter um terapeuta. Nunca é um ou outro. Não tem problema em contar a Jesus sobre o terapeuta que você está vendo e vice-versa. Nossa fé deve nos obrigar a sermos saudáveis mentalmente, fisicamente  e  espiritualmente.

Afinal, a fé deve ajudar a melhorar todo o nosso bem-estar.

Espiritualidade e adoração nos ajudam a nos dar um maior sentido de propósito e nos encorajar a pensar de maneiras positivas. Veja as palavras de Paulo aos Filipenses: 

Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. 

Estudos mostraram que a mediação e a oração têm benefícios para a saúde mental. Pela minha própria experiência pessoal, houve algumas vezes em que a oração me ajudou a desacelerar as coisas e reavaliar antes de entrar em modo de pânico total. "Oração Respiração" (que meu colega Ryan Dunn falou em um vídeo para a Rethink Church) realmente me ajuda a me acalmar (mesmo que seja apenas por um pouquinho).

Sendo parte de uma comunidade religiosa, tenho uma rede de apoio que ajuda em tempos de necessidade. Não só isso, me dá a oportunidade de ajudar os outros que enchem nossas vidas de positividade. A maioria das igrejas oferece oportunidades quase intermináveis de servir.

Então seja intencional em se envolver em atividades que fazem você se sentir inteiro.

Exercício.

Ler.

Orar.

Faça coisas que lhe dão alegria regularmente.

E deixe-se descansar. Seguir o ritmo do mundo pode nos deixar exaustos.

Então tire um Sábado para dar uma pausa da loucura do mundo para que você possa lembrar quem você é e de quem você é.

Lembra-se daquele comercial do Snickers?

Você sabe, aquele em que uma pessoa está agindo agressivamente mal-humorada (geralmente retratada por uma celebridade como Danny Trejo ou Betty White) e alguém lhe dá um Snickers e eles voltam à sua forma original e termina com: "Você não é você quando está com fome."

Também não somos nós mesmos quando estamos cansados.

É difícil ser qualquer coisa, muito menos fiel, quando estamos exaustos.

Quando a carga de trabalho dos escravos Israelitas foi dobrada, Êxodo 6:9 nos diz que "eles não ouviram Moisés, por causa de sua exaustão completa e seu trabalho duro".

Em 1 Rei 19, Elias reclamou a Deus: "Eu não posso mesmo! Eu só quero morrer! E Deus basicamente respondeu: "Coma um pouco de comida e tire um cochilo!"

Elias dormiu, comeu e percebeu que ele pode ter exagerado a situação.

Mesmo Deus acha que não devemos subestimar o poder de um lanche e um cochilo.


Então seja intencional em cuidar de si mesmo física, mental e espiritualmente. Muitos de nós somos bons em cuidar dos outros, mas falhamos miseravelmente quando se trata do autocuidado. Não tenha vergonha de tirar um pouco de "tempo meu" e fazer coisas que te dêem alegria ou te capacitem a se tornar melhor.

Todo ano, no meu aniversário, faço uma resolução/meta em cada uma das "categorias" que me ajudam no caminho da integralidade. Meu objetivo físico era correr uma milha abaixo de 8 minutos. Meu objetivo espiritual era ler 20 livros relacionados à fé/ministério/igreja dentro de um ano. Meu objetivo mental era melhorar na escrita e dizer "sim" a qualquer oportunidade de escrita que viesse ao meu caminho, já que escrever é algo que me dá alegria.

Talvez metas/resolução não seja sua xícara de chá. Mas seja intencional em se envolver em coisas que o tornarão espiritual, fisicamente e mentalmente mais saudável. Cuide-se porque você é a criação favorita de Deus.

Joseph Yoo é da costa-oeste de coração e vive em Houston, Texas com sua esposa e filho. Ele serve na Igreja Mosaico em Houston. Encontre mais de suas redações em josephyoo.com.