Other Manual Translations: English français español

Ajudando Crianças a Processar o Coronavírus

Dicas para crianças e coronavírus
Dicas para crianças e coronavírus

Quantos de nós nos lembramos de estarmos sentados assistindo a TV e o desastre do ônibus espacial Challenger acontecendo? Ou talvez você estava grudado na televisão quando os ataques de 11 de Setembro de 2001 aconteceram? Você provavelmente lembra onde você estava e provavelmente não tem dificuldade de lembrar aquelas imagens que você viu na TV como criança ou adolescente.

É muito importante pensar sobre as nossas crianças em tempos de dificuldade, como os que estamos vivendo em meio ao distanciamento social do COVID-19. Crianças são bem receptivas e apesar delas terem notado que o mundo mudou… eles sabem que algo “está acontecendo”. Nós estamos TODOS, coletivamente, vivendo uma crise que provavelmente vai afetar as nossas vidas em muitos níveis diferentes: socialmente quando ficamos em casa, fisicamente quando ficamos doentes, emocionalmente quando lutamos para entender a nossa vida ao redor de tantas mudanças constantes, espiritualmente quando não podemos nos unir para a comunhão no culto, financeiramente quando muitos perdem o seus empregos, ou até psicologicamente porque o distanciamento social e a ansiedade são muito estressantes. De alguma forma a nossa vida vai ser impactada pela epidemia do COVID-19 e o mesmo é verdade para o(a) seu (sua) filho (a).    

Aqui vão algumas dicas e idéias de como ajudar o(a) seu(sua) filho(a) em tempos difíceis como o dessa pandemia.

Dicas para Ajudar Crianças lidar com as notícias do Coronavírus

Ouça e converse com o (a) seu (sua) filho (a)

É muito importante separar tempo para conversar com sua criança e ver se ela tem perguntas, medos ou preocupações. Só porque ela não está dizendo nada, não quer dizer que ela não está ouvindo, pensando, observando e possivelmente se preocupando. Encontre seu (sua) filho (filha) aonde ele (ela) está e simplesmente pergunte “Ei, você tem alguma pergunta”? Diga pra ele (ela) que fazer perguntas faz bem e que apesar de você não saber todas as respostas, que vocês estão juntos (juntas) nisso. Existe uma tentação de talvez tentar proteger a criança ou de fazer muita explicação. Ao invés, comece fazendo um acesso do que a criança entende sobre a situação através de uma conversa. Ouça as suas perguntas e preocupações. 

Supervisione o que eles assistem no Noticiário

Cuidadosamente monitore e seja sensível às notícias e o seu impacto em sua criança - e honestamente no impacto em você. Nós queremos saber o que está acontecendo, especialmente quando nos sentimos isolados e removidos do resto do mundo. Mas assistir o noticiário pode se amedrontador para crianças novas e sensíveis e honestamente também para os adultos.

Ajude

Outra forma de se unir com os seus filhos durante esse tempo é achar um jeito em que as crianças podem ajudar e pensar nesses jeitos junto com eles. Circunstâncias incontroláveis são assustadoras e ajudar as crianças a encontrarem algo que elas podem fazer é uma boa maneira de dar um senso de propósito e de controle. Escreva cartas para mandar para asilos ou costure máscaras para consultórios médicos. Use a sua criatividade e faça dessa uma oportunidade de trabalhar juntos. 

Continue checando

Converse com sua criança frequentemente para ver como ela está passando. É muito importante checar consigo mesmo para saber como você está passando e as vezes nós falhamos em perceber que o nosso estresse afeta os nossos (as) filhos (as). Use a parte da noite para orar com seus (suas) filhos (as). Você pode aprender muito sobre como o(a) seu (sua) filho (a) está processando tudo através de perguntar pelo quê eles querem que orem a cada noite.

Mantenha as Coisas o Mais Normal o Possível

Tome esse tempo que você tem com o (a) seu (sua) filho (filha) para afirmar que apesar da vida estar diferente, você ainda está com ele. Ajuda o seu filho a ter uma sensação de vida normal no meio de mudanças através de criar uma agenda juntos. 

Utilize o Tempo

Quantas vezes você já disse “nós somos tão ocupados”? Quantas vezes você sentiu que o ritmo da vida era muito agitado? Você ganhou tempo: passa esse tempo juntos. Crie memórias ou tradições. Os Israelitas usaram tempos de grande desafios para criar momentos significativos juntos como a Páscoa. Eles estavam juntos. Eles compartilharam histórias. Eles recordaram. Talvez agora seria um ótimo momento de organizar aquela caixa de fotos que você deixou de lado. Olhe para as fotos com seus filhos e recorde. Leia juntos. Riam juntos. Encontrem projetos para fazerem juntos e se divirtam. Brinquem de jogos, de quebra cabeça, brinquem fora de casa. Façam refeições em família juntos.

Ofereça Graça a si mesmo e a seus Filhos

Essa pandemia é algo que ninguém pôde se preparar adequadamente. TODO MUNDO foi nocauteado de sua vida normal de alguma forma e isso nos abala. Alguns estão trabalhando em casa enquanto as escolas e creches estão fechadas, o que se torna uma experiência interessante para os pais. Você fica estressado e sobrecarregado. Na mídia social, você vê as coisas maravilhosas que os outros estão fazendo com suas famílias e você se sente incomodado. Ofereça graça a si mesmo. Se você estiver estressado, tudo bem. Esse é um tempo estressante, mas também lembre que essa situação vai passar. Sua criança também precisa que você a lembre da mesma coisa.

Fique Bem

Cuide de você e de seus filhos. Coma bem e descanse bastante. Lave as mãos e siga as orientações de distanciamento social. E se você ou um ente querido ficar doente, peça ajuda. Peça por orações. Não faça tudo sozinho, para o seu benefício e para o benefício de seu (sua) filho (a). Sim, nós estamos socialmente distantes mas graças a tecnologia, nós não precisamos ficar isolados. Busque aos outros e seja criativo nas maneiras de se conectar. Essa pandemia vai fazer muitas coisas, mas uma coisa que eu espero que nos ensine é que nós não estamos sozinhos. Esse é um dos presentes mais importantes na vida que você pode dar para o seu (sua) filho(a): a certeza que não importa o que aconteça na vida, que Deus é com eles e que você está ao seu lado.


Tiffany Hollums é uma autora e pastora na Igreja Metodista Unida. Ela tem experiência de mais de 20 anos de trabalho em ministério com jovens e crianças assim como trabalho em ministério urbano e tratamento para crianças a serem adotadas. Quando ela não está fazendo cobertas de crochê para entes queridos como um ministério para os que estão sofrendo ou recém-nascidos, ela está escrevendo lições para jovens ou bebendo um café espresso! Ela mora em Austin com seu marido, filha, cachorros e família.