Other Manual Translations: English español

A Questão Metodista: De quando remonta o batismo cristão?

Marshall Greene (centro) é batizado durante o Batismo Anual de Admissão em Murrells Inlet, próximo ao paredão da Igreja Metodista Unida Memorial Belin. Segurando-o (à esquerda) Austin Bond, diretor de ministérios da juventude e (à direita) Walter Cantwell, pastor associado. Foto de Benjamin Coy.
Marshall Greene (centro) é batizado durante o Batismo Anual de Admissão em Murrells Inlet, próximo ao paredão da Igreja Metodista Unida Memorial Belin. Segurando-o (à esquerda) Austin Bond, diretor de ministérios da juventude e (à direita) Walter Cantwell, pastor associado. Foto de Benjamin Coy.

Quase todas as religiões do mundo têm algum tipo de ritual que envolve a água. Frequentemente, como no batismo cristão, a água é usada tanto para o ritual de limpeza como para algum tipo de renascimento. O judaísmo, por exemplo, exige que seus convertidos "lavem" sua identidade não-judaica e se preparem para assumir uma identidade judaica. 

O batismo cristão remonta ao início da própria igreja. A celebração de Pentecostes, 50 dias após a ressurreição e dez dias após a ascensão de Jesus, é frequentemente chamada de "o aniversário da igreja". Atos 2:41 registra que mais de 3000 pessoas foram batizadas e acrescentadas à igreja naquele dia. 

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

Mas os cristãos não eram os únicos a batizar naquela época. 

Jesus foi batizado com o batismo de um profeta judeu chamado João, apelidado de "O Batizador". Mas isso não era visto pelos cristãos como batismo cristão. Conforme os evangelhos registram, os cristãos entendiam que o batismo de João era "um batismo de arrependimento pelo perdão dos pecados" (Marcos 1: 4). Enquanto o batismo de João e o batismo cristão envolviam água, o próprio João é citado para dizer que o batismo que Jesus inauguraria seria "com o Espírito Santo" (Marcos 1: 8, NRSV). 

Vemos os primeiros cristãos fazendo uma distinção entre o batismo de João e o batismo cristão na história da fundação da comunidade cristã em Éfeso (At 19: 1-5). Quando Paulo chegou a Éfeso, encontrou uma comunidade de pessoas que haviam recebido o batismo de João através de um dos discípulos de João. A história nos diz que eles nunca ouviram falar do Espírito Santo, muito menos receberam o Espírito Santo. Paulo ofereceu-lhes o batismo cristão em nome de Jesus, e imediatamente eles receberam o Espírito Santo.

Os Metodistas Unidos, juntamente com a grande maioria dos cristãos do mundo, entendem o batismo cristão como sendo "pela água e pelo Espírito". Com base nas instruções de Jesus em Mateus 28:18-20, continuamos a oferecer o batismo cristão em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Para saber mais:

Renovação das águas: como os metodistas unidos entendem o batismo
O que eu preciso saber sobre o batismo na Igreja Metodista Unida?
O Significado do Batismo na Igreja Metodista Unida  
Pela água e pelo espírito: uma compreensão metodista unida sobre o batismo

Tem perguntas? Pergunte à UMC ou converse com um pastor  perto de você. Confira outras perguntas e respostas recentes.

 

* Este conteúdo foi produzido por Pergunte à UMC, um ministério da Comunicações Metodista Unida. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]