Other Manual Translations: English 한국어 Español

Missões: Tornando o mundo mais celestial

Servir nossos vizinhos e interromper ciclos de danos são maneiras que os Metodistas Unidos se unem na obra de Deus para renovar o mundo, trazendo o céu à terra. Foto do arquivo pela United Methodist Communications.
Servir nossos vizinhos e interromper ciclos de danos são maneiras que os Metodistas Unidos se unem na obra de Deus para renovar o mundo, trazendo o céu à terra. Foto do arquivo pela United Methodist Communications.

Crenças sobre o céu não são uniformes em todo o cristianismo. Eles podem nem ser uniformes em todo o círculo Metodista Unido. Uma crença é provavelmente constante no entanto: a Terra poderia ser um pouco mais celestial.

Na verdade, todos nós que regularmente oramos a Oração do Pai Nosso  expressamos o desejo por uma Terra mais celestial:

Pai Nosso , que está no céu...

Venha o Seu Reino,
Seja feita a Sua vontade,
Assim na terra, como no céu.

Há uma crença expressa nessa oração de que o aqui e agora é importante. Este plano de existência importa. A vontade de Deus não é apenas levar nossas almas ao reino celestial — mas sim ter a bondade da criação de Deus experimentada aqui na Terra.

Mente celestial

Nós, os fiéis, somos seres celestiais — mas não tão celestiais que não somos bons seres terrestres. Nosso propósito é decretar a bondade no mundo ao nosso redor. Temos a tarefa de incorporar o céu na Terra. Então, realmente, ser "celestial" significa participar do trabalho de Deus de renovar o mundo (2 Coríntios 5:18-19).

As implicações disso são desafiadoras. Por um lado, implica que teremos uma tolerância muito baixa para os ciclos e sistemas que perpetuam a quebra da criação. Sistemas que permitem a continuação da fome, da desigualdade racial e do dano ao meio ambiente (entre tantas outras coisas) representam os tipos de ciclos que nos impedem de viver na visão utópica do Apocalipse 21.

Bem na terra

Nosso chamado é ser discípulos de mente celestial que sujam nossas mãos no plantio das sementes da criação renovada de Deus. Uma das formas de nos engajarmos neste trabalho sujo é através de projetos de missões. Muitas vezes, esses projetos nos permitem a oportunidade de participar de interrupções nos ciclos de quebra. Ministérios que fornecem comida aos famintos, abrigo aos desesperados, compaixão aos negligenciados e alívio aos cansados servem para interromper sistemas de perpetuação da quebra. Agimos como desreguladores quando nos juntamos a esses ministérios.

Mas esse tipo de missão não substitui um chamado mais importante: quebrar os sistemas de injustiça que perpetuam a desordem e o movimento do mundo longe do amor unificador de Deus. Missões de alívio ajudam a suavizar as bordas ásperas e irregulares de uma criação quebrada, mas trabalhar para a justiça remove os fatores que forçam essas fraturas em primeiro lugar. Se realmente desejamos alcançar a visão do Apocalipse 21, devemos quebrar os sistemas de desigualdade e falta de oportunidade que bloqueiam a capacidade do mundo de oferecer a todas as pessoas em todos os lugares as necessidades de acolhimento e segurança. A verdadeira missão é erradicar os problemas do mundo.

Como Metodistas Unidos, investimos muito nesse trabalho. Você pode participar desta importante missão, também. Uma maneira de se engajar na missão é aprender sobre nosso trabalho na busca de direitos plenos e iguais para todas as pessoas. Ou garantindo que as pessoas tenham acesso às necessidades da vida. Ou  organizando intervenções em nome daqueles que têm dificuldade em chamar a atenção para suas necessidades.

Ryan Dunn é ministro do Engajamento Online para United Methodist Communications. Ele é um Diácono ordenado na Igreja Metodista Unida.

Este artigo foi publicado em 26 de Fevereiro de 2021.