Other Manual Translations: English Français Español

Achando Forças para Superar

Existe uma narrativa persistente na igreja que diz que tudo vai bem e perfeito depois que você aceita a Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Isso é verdade? Eu já ouvi tantas histórias de pessoas que ficam surpreendidas de quão difícil a vida ainda é depois que eles se tornam cristãos. 

O engraçado é que Jesus nunca disse que a vida se tornaria fácil. Ele na verdade nos avisou das dificuldades que virão por causa de conhecermos a Jesus. É por isso que ele nos prometeu o Consolador.

E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre [Jesus em João 14:16]

O que nos leva a perguntar - Por que Jesus nos mandou um Advogado e Consolador se era pra nós estarmos sempre confortáveis?

Jesus nunca prometeu uma vida fácil. Jesus nos promete uma vida que tem sentido, significado, poder e propósito.

Isso quer dizer que tribulações virão.

Nossas vidas não obtém poder, propósito e significado evitando as tribulações ou por sempre tentar achar o caminho mais fácil ou  buscando a vida que providencia o maior conforto o possível. Não, as nossas vidas vão ter poder por causa das  por provações que passamos e superamos.

Existe um precedente para isso: Jacó por exemplo. A história de Jacó está no livro de Gênesis. A maioria dos obstáculos que Jacó passou foram por causa das escolhas dele. E ainda assim, Deus nunca o abandonou. Circunstâncias levaram Jacó a voltar pra casa onde ele teve que confrontar o seu irmão mais velho Esaú, que uma vez ameaçou de matar Jacó (isso foi porque Jacó roubou a bênção de primogênito de Esaú). Jacó estava absolutamente aterrorizado de enfrentar o seu passado. Na véspera do reencontro com Esaú, Jacó ficou pra trás enquanto a sua família foi a frente. E a Bíblia diz que um homem apareceu e eles pelejaram até o nascer do sol (totalmente normal). O homem pediu a Jacó para o deixar ir e Jacó recusou até que o homem o desse uma bênção. O homem disse a Jacó que o seu nome não mais seria “Jacó” mas “Israel”, que quer dizer “pelejou com Deus e com homens e venceu” (Gênesis 32:28). Lutando (e vencendo a luta) está embutido nos costumes do povo de Deus.  

Ninguém escapa da vida sem perda; sem problemas; sem dor. Talvez isso é onde você está nessa época. Talvez você esteja no meio de um deserto sem idéia de aonde ir e um sentimento de grande abandono, falta de esperança e sem ajuda.

Ajudaria saber que você não está só nessa experiência de vastidão, seca ou da solidão do deserto? Muitos dos nossos heróis da Bíblia tiveram a experiência do deserto - até Jesus.

Depois que Jesus foi batizado, Marcos nos diz que o Espírito forçou Jesus a ir ao deserto. Está certo, “forçou” (o que eu acho bem confortador). Jesus não marcou uma viagem pro deserto. Ele não saiu de propósito procurando estar no deserto. Foi forçado nele assim como é forçado a nós.

Quem escolhe ir ao deserto? Quem quer ser voluntário para experimentar dor, perda, terror, tragédia, sofrimento, perigo, etc?

Assim mesmo, nós não podemos escapar a esterilidade do deserto. Ele se força no nosso caminho.

Como quando estamos na sala de espera do hospital orando sem saber se a oração vai ser respondida;

Como quando recebemos notícias horríveis do médico;

Como quando depois de servir pela vida inteira, somos demitidos;

Como quando num relacionamento onde damos de tudo apenas… acaba;

Como quando os nossos filhos consistentemente e constantemente fazem as piores decisões;

Como quando temos que ser os pais de nossos pais;

Nós raramente escolhemos essas opções; elas nos são forçadas.

E aí nós começamos a pensar onde está Deus no meio disso tudo. É Deus que permite que  essas coisas terríveis aconteçam conosco? Deus quer que soframos?

Existem cristãos que ensinam que o sofrimento é o único caminho - tipo como “se você não estiver sofrendo é porque está fazendo algo errado”. Eles ensinam que Deus nos dá dor e sofrimento para uma causa maior, que só Deus sabe o porquê e não vai te dar mais do que você pode suportar.

Talvez isso te ajude a fazer sentido na sua dor. Talvez o saber de que tudo acontece com um propósito realmente te ajude no processo de cura. 

Eu, pessoalmente, acho difícil de entender esse tipo de pensamento.

Eu me lembro de Romanos 8:28: “ E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus.”

Eu nunca li que “Deus causa o sofrimento nas nossas vidas mas que Deus redime até os momentos mais escuros; que Deus pode trazer vida das épocas mais estéreis e sem frutos da nossas vidas”. Porque assim como o Rei Davi escreve: Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? (Salmos 139:7)

Finding the strength and courage to overcome

Assim como frio, escuro, perigoso e tenebroso o deserto pode ser - Deus está presente. Deus não te abandonou em nenhum momento de desespero. Deus também não esqueceu de você. Apesar do silêncio de Deus ser ensurdecedor - isso não quer dizer que você foi esquecido e/ou abandonado. Deus é contigo, apesar de você estar fazendo trilha do Vale da Sombra da morte.

Deus é contigo.

É importante lembrar que Marcos nos diz que Jesus “estava entre os animais selvagens, e os anjos cuidaram dele” enquanto ele estava no deserto. Haviam coisas perigosas que podiam ter machucado a Jesus, mesmo assim também haviam anjos cuidando dele. Animais selvagens pode estar em todo lugar no seu deserto.

Mas os anjos também estão presentes.

Raramente somos deixados sozinhos. Nós somos rodeados de uma grande nuvem de testemunhas de Deus e de muitos anjos também.

Você não está sozinho. Deus não é o único que anda contigo.

Lembre - se de que:

Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,  nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor! [Romanos 8:38-39]


Joseph Yoo tem o coração na Costa Oeste e está contente vivendo em Houston, Texas com sua esposa e filho. Ele serve na igreja Mosaic em Houston. Encontre mais de suas reações em josephyoo.com.

[Escrito em 18 de Outubro, 2019]