Other Manual Translations: English español

O amor aparece

Dois comícios do protesto “Vidas Brancas Importam”,  organizados por organizações  de supremacia brancas  e nacionalistas, estavam agendados para Outubro de 2017 no centro do Tennessee. Eles não aconteceram como planejado. Por quê?

Eu fui para o contra-protesto em Murfreesboro, Tennessee. Eu fui com bastante incerteza do que ia acontecer. Os objetivos não estavam claros. Eu não sabia que atividades estavam planejadas ou qual o meu papel nelas - ou se seria seguro eu estar lá.

Os confrontos em eventos similares como no de Charlottesville, Virginia, estavam definitivamente na minha mente. Meus medos não foram aliviados quando os organizadores do contra-protesto começaram a formar uma barricada de grandes caminhões entre o nosso lugar de encontro no meio da estrada.

Um sentimento diferente se desenvolveu entre o povo reunido. Tinham muitos sorrisos para nos sentir amedrontados. Pra falar a verdade, ficou claro que essa não era uma multidão com raiva e decidida a se confrontar. Era uma reunião dedicada a compartilhar o amor.

As organizações de supremacia brancas  e nacionalistas, escolheram essa área no centro do Tennessee porque eles acharam que iam achar apoio ali. Aquele reunião veio pra dizer “Nós apoiamos o amor.”

O organizador Abdou Kattih clarificou o objetivo do nosso contra-protesto, destacando que nós não deveríamos cumprimentar os nacionalistas e supremacistas com a mesma hostilidade que esperávamos deles. O nosso cumprimento seria com um olhar de pena e de esperança que eles poderiam crescer e ser mais amorosos do que eram.

O nosso trabalho é de personificar aquele amor. “Hoje não estamos marchando contra eles”, ele disse. “Estamos marchando para nós mesmos!”

Eu pensei em ficar em casa o dia todo. A idéia de ver um branco supremacista pregando pra ninguém, no vácuo, é sábia. Que idéias eles podem espalhar se não tivesse ninguém em volta para ouví-las?

Mas o amor não pode ser sentido em um vácuo. Esse contra-protesto se tornou uma oportunidade de pregar o amor na face do medo e do ódio.

Centenas de pessoas compareceram para o contra-protesto. Esses não são números oficiais mas eu vou vi que 500 pessoas compareceram. Foi uma quantidade boa.

Eu estou agradecido por ter comparecido. Estou agradecido por todos que compareceram, porque por comparecerem nós construímos um parque para o amor.

Há poder em comparecer, mesmo quando não estamos certos dos resultados.

Eu acredito que a presença de Deus estava lá também. Muitos dizem que onde há dois ou três reunidos, ali Deus está. Se Deus é amor, então certamente isso é verdade.

O amor estava realmente presente naquela manhã, e a presença do amor cresceu ao longo do dia. Tinha um Espírito se movendo na comunidade, e era um Espírito contrário às intenções dos brancos nacionalistas e supremacistas.

Quando a nossa banda de contra-protestantes saiu às ruas, os nossos números aumentaram. Muita gente que estava simplesmente dirigindo, se sentiram movidas a se ajuntar a nossa reunião de amor. Outros mostraram o seu apoio através de buzinas de seus carros e sinais de paz.

A mídia veio. Pessoas transmitiram a experiência ao vivo através da mídia social - eles estavam ansiosos para compartilhar. Todos foram movidos pelo Espírito. E todos foram acolhidos.

A confrontação que eu temia com os brancos supremacistas nunca aconteceu. Depois de uma pequena reunião de manhã, eles cancelaram as atividades subsequentes. Talvez eles também sentiram o Espírito.

Como o Rev. Jacob Armstrong disse:

“Eu vou me lembrar do pessoal do Vidas Brancas Importam não comparecerem. Podemos apontar muitas razões para isso. Certamente, a resposta dos líderes da cidade e da polícia e do jeito que lidaram com isso. Eu acho que o contra protesto teve parte nisso, mas eu acho que o Espírito Santo principalmente mudou o coração deles e eles voltaram para os carros. Agradecido.”

O Espírito não trabalha no vácuo. Ele requer a nossa presença. Quando comparecemos, quando seguimos o guiar do Espírito, algo inegavelmente poderoso acontece. Isso é um lembrete para aqueles tempos em que me sinto desconectado espiritualmente.

Existe uma outra lição aprendida dessa experiência: o amor aparece.


Ryan Dunn é o ministro de conexões online para o Rethink Church. Ele mora em Nashville, Tennessee com sua esposa, filho, sogra e com um rebanho de familiares peludos. Ele espera que você ouça o Podcast dele.

[Postado em 7 de Novembro, 2017]