Translate Page

Sentindo a Tensão das Festas

Vamos ser honestos.

As festas de fim de ano podem ser cheias de tensões. Nós somos convidados a nos reunir com pessoas que nos conhecem muito bem. É maravilhoso e assustador. A expressão de que as pessoas mais próximas de nós são as que nos machucam profundamente é verdade. Essa é a época que nos reunimos com esse grupo.

Nós colocamos a nossa melhor cara, roupa, e arrumamos o nosso celular pra colocar fotos no Instagram mas muitos de nós estão carregando muita ansiedade também. Como vamos nos reunir com aqueles que nos causam tanta ansiedade?
As vezes a gente desiste: a gente não comparece. Nós damos desculpas e evitamos aquilo que não entendemos. Às vezes a gente vai… e acaba brigando o tempo todo. Na nossa tentativa de ver um pouquinho do Divino no dia-a-dia, uma pergunta boa que eu penso é “como podemos carregar o Divino conosco nessa época em que carregamos tanta bagagem”?  

Nós não somos os únicos com drama de família. Em sua experiência humana, Jesus também teve sua parte de bagagem familiar. Jesus tinha alguns irmãos e irmãs ( e primos, tios, tias, etc…). Nós não sabemos muito sobre seus irmãos com exceção de talvez seu irmão Tiago. Quando Jesus estava começando o seu ministério, seus irmãos não eram fãs de seus ensinamentos. Nós encontramos um momento onde a tensão começa em Marcos 3:21:  “E, quando os seus parentes ouviram isso, saíram para o prender (Jesus), porque diziam: (Jesus) Está fora de si”. De novo nós vemos isso em João 7:5 “...Porque nem mesmo seus irmãos criam nele”.

Antes de julgar a Tiago por não acreditar em Jesus, pense no que você diria se um dos seus irmãos te dissessem que ele ou ela é o “escolhido” de Deus. Porque Maria e José não se intrometeram eu não sei. Mas vamos ser honestos: eles podiam ter se metido e os irmãos ainda não acreditariam.

Tiago quando adulto se tornou um líder na fé Judaica. Não somente o seu irmão Jesus estava fazendo acusações estranhas de ser Filho de Deus, mas agora estava indo contra a sua profissão de fé e sua crença profunda de fé. Eu estou dizendo isso tudo pra dizer, tinha que ter uma tensão muito grande quando eles estavam reunidos - briga de irmão você pode dizer.

Vamos avançar para o tempo depois da ressurreição de Jesus quando voltou para Deus Pai: eram os primeiros dias da Igreja. Aqui nós vemos Tiago irmão de Jesus em uma nova luz. Ao invés de ser a pessoa dizendo a outros quem Jesus não era, Tiago agora é um dos tops líderes  dizendo a todos que Jesus é o Filho de Deus. Num momento crítico da nova Igreja, as autoridades começaram a matar os seguidores de Cristo em Jerusalém o que causou muitos seguidores de Jesus a irem embora.

Mas Tiago ficou em Jerusalém. Mas como tudo chegou a esse ponto? Como Tiago foi de querer tirar Jesus porque ele estava fora de si para agora Tiago crer em Jesus como o Messias? O que inspirou a Tiago a ficar em Jerusalém e enfrentar a perseguição?

A resposta está no livro de 1 Coríntios na Bíblia. No capítulo 15, Paulo, o autor desse livro, está falando sobre a ressurreição de Jesus. Paulo fala sobre várias pessoas que viram Jesus ressurreto. O versículo 7 fala “Depois ele (Jesus) apareceu a Tiago”. Tiago devia estar profundamente triste com a perda de seu irmão. Jesus fez questão de ir encontrar o seu irmão. Esse encontro mudou a vida de Tiago. Então, o que podemos aprender sobre Jesus e seu relacionamento com Tiago durante essa época de festas?

Jesus Compareceu

Nós temos que comparecer. Nós não podemos reconstruir relacionamentos se não comparecermos. Não é fácil mas é necessário.

Jesus deixou o Amor Liderar

Nós temos que deixar o amor que temos pela nossa família e amigos ser o que nos capacita. As bagagens do passado são o peso em cima do amor do passado. O amor é a única coisa que nos uns aos outros.

Jesus Derramou Graça 

A graça é um presente. É a força que te levanta depois da queda. É a força dada para continuar a seguir a frente. Jesus derramou graça no seu relacionamento com o seu irmão e o possibilitou ser restaurado mais forte do que nunca.

Se podemos comparecer, deixar o amor liderar e derramar graça sobre as situações que encontraremos, eu acredito que essa época de festas pode ser cheia de alegria, risos, novas memórias e amor. Eu acredito que Jesus não está no negócio de não melhorar as coisas ruins, mas de ressuscitar as coisas mortas em vivas. Se ele pode fazer na vida do seu irmão… se Ele pode fazer em sua própria vida… Eu creio que ele pode fazer em nossas vidas também! 


Pierce DrakePierce Drake é o co-host do Compass Podcast e serve como Pastor da igreja Providence United Methodist Church. Por mais de 10 anos, ele serviu em igrejas nos EUA e no exterior. Pierce recebeu o seu Bacharelado em Artes e Estudos Bíblicos na Renhardt University. Quando ele não está do lado de fora, Pierce sempre está assistindo o seriado “The Office” no Netflix. Ele vive na área ao redor de Nashville, TN, com sua esposa Claire, filha Emmie Jo, e com seu cachorro mini pastor australiano, Pippa.