Other Manual Translations: English Français Español

A Questão Metodista: O que a IMU diz sobre o jejum?

Jejuar limitando comida e bebida, acompanhado de oração e leitura devocional, é uma prática espiritual importante para se aproximar de Deus. Foto por congerdesign, cortesia de Pixabay.
Jejuar limitando comida e bebida, acompanhado de oração e leitura devocional, é uma prática espiritual importante para se aproximar de Deus. Foto por congerdesign, cortesia de Pixabay.

A Bíblia tem muito a dizer sobre o jejum. O jejum é um sinal de penitência praticado por indivíduos ou por grupos de pessoas no Antigo Testamento. Jesus, como parte de sua preparação espiritual, foi para o deserto e jejuou 40 dias e 40 noites. Ele também elogiou o jejum como uma prática contínua para seus discípulos no Sermão da Montanha. 

Embora o jejum seja frequentemente associado à Quaresma, os Metodistas nunca limitaram o jejum à Quaresma. As Regras Gerais recomendam "jejum ou abstinência" como parte das ordenanças de Deus sobre as quais todos os metodistas são chamados a atender conforme podem. Jejuar geralmente significa não comer comida por um período de tempo. Abstinência significa abster-se de determinados tipos de alimentos, como carne. 

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

John Wesley jejuava semanalmente, desde quinta-feira ao pôr do sol até receber a comunhão no domingo, como a Igreja da Inglaterra esperava que seu clero fizesse. Para Wesley, o jejum ou a abstinência eram formas de expressar tristeza pelo pecado e penitência pelo excesso de comida e bebida. Ele recomendou o jejum a todos os metodistas para permitir mais tempo para a oração, e observou que o jejum ou a abstinência eram mais significativos quando combinados com a doação aos pobres. Ao mesmo tempo, ele aconselhou cautela contra o jejum extremo e exortou aqueles com saúde frágil a não jejuarem alimentos.

A Igreja Metodista Unida não possui orientação oficial sobre como os indivíduos devem observar o jejum ou a abstinência. Muitos optam por jejuar alimentos, mas o jejum ou a abstinência podem incluir restrição de atividades como assistir televisão, fazer compras ou redes sociais. Alguns optam por doar roupas ou bens, doar tempo como voluntários ou aumentar o tempo gasto em oração. Certifique-se de consultar seu médico antes de tentar um jejum total (sem comida, apenas água) por mais de 24 horas.

Independente de o quê ou de como jejuamos, nós, os Metodistas Unidos, o fazemos para nos reorientarmos para longe das compulsões e distrações de nossas vidas, para dar mais espaço em nossas vidas para o amor de Deus transbordando em amor a cada próximo. 

 

*Este conteúdo foi produzido por Ask The UMC (Pergunte à UMC), um ministério das Comunicações Metodistas Unidas.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected].